Notícias

Últimas Notícias

Grupo de Dança da Melhor Idade Recebe Prêmio Nacional

2 de dezembro de 2019

O Grupo de Dança Gerontológica “Bela Flor”, do Movimento Saúde Para a Melhor Idade de Lagoa da Prata, recebeu o Prêmio Nacional do Idoso Protagonista.

O Festival foi realizado na cidade da Lambari, entre os dias 24 a 27 de novembro, e premiou grupos de Artes, Dança e Literatura de todo país. O Grupo Bela Flor foi homenageado, pela participação no Festival Nacional Unidance em 2018 e 2019. O Grupo também já fez apresentações em Conferências, aberturas de eventos entre outros.

O Grupo foi criado em 2017 pela professora de Educação Física Sabrina Menezes e pelo Coordenador Esportivo, Christian Freitas.

O Grupo é formado por dez mulheres com idade entre 59 e 74 anos. Alvina, Ilda, Irene, Izabel, Lucimeire, Maria Creuza, Maria da Conceição, Maria Helena, Neusa e Sueli.

Envelhecer com Dignidade, por meio da Valorização e Garantia dos Direitos da Pessoa Idosa.

Direitos dos idosos:

  • Prioridade no atendimento em qualquer órgão público ou privado que preste atendimento à população;

  • Garantia de acesso à rede pública de saúde e assistência social;

  • Prioridade no recebimento da restituição do Imposto de Renda;

  • Desconto de pelo menos 50% nos ingressos de shows, espetáculos, cinema e qualquer outra apresentação artística, e também nos eventos esportivos, como jogos de futebol;

  • O primeiro critério de desempate em concursos públicos deverá ser a idade – sendo beneficiadas as pessoas com idade mais avançada;

  • Prioridade na aquisição da casa própria nos programas habitacionais do governo;

  • Serviço de transporte coletivo urbano e semi-urbano gratuito;

  • Nos ônibus de viagens interestaduais, serão garantidas duas passagens gratuitas para idosos e, depois de preenchidas essas duas vagas, será garantido desconto de pelo menos 50% para os demais idosos que possuírem renda de até dois salários mínimos;

  • Prioridade de embarque do idoso nos transportes coletivos;

  • É garantida a reserva de 5% das vagas em estacionamentos públicos ou privados para motoristas idosos, devendo ficar localizadas em locais de acesso mais fácil;

  • O idoso que não tenha condições de se sustentar tem o direito de receber pensão alimentícia da família (filhos, netos, etc);

  • Nos casos em que o idoso não tiver condições de se manter e nem a família tenha condições de mantê-lo, é assegurado o benefício mensal de um salário mínimo, nos termos da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas).

 

 

Deixe um comentário